11 96081-0404

©2018 by Brace Psicoterapia e Mindfulness. Proudly created with Wix.com
Resp. técnica Fabiana Saes dos Santos Romano CRP SP 06/58588-01 | Brace Desenvolvimento Humano CRP SP 06-5606/J

Rua Alexandre Dumas, 1268, cj. 23 - Santo Amaro, São Paulo - SP, 04717-003, Brasil

Seguir

Contato

Endereço

Archive

Please reload

Please reload

Tags

Mindfulness e o tempo

March 24, 2018

O que fazemos com nosso tempo livre? O que as crianças fazem com o tempo livre delas? Afinal, o que é ter tempo livre?

 

Na verdade, todo tempo é livre. Mas, por vivermos em uma grande agitação de deveres, frequentemente nos pegamos pensando no que já passou ou no que vamos fazer em seguida, deixando de notar o que está acontecendo no momento presente. Assim, e temos a impressão de que sempre falta tempo livre.

 

Quantas vezes vivemos situações agradáveis que só percebemos que foram boas quando pensamos nelas, na lembrança que ecoa, e um aperto no peito, às vezes surge quase como uma autopunição por não ter estado presente aquele momento.

 

A hora não passa e o desejo que o fim do dia chegue invade a mente quando o dia está cansativo, difícil ou triste e o tempo parece não ter fim.

Emergências, urgências e prioridades se confundem na pressão de ter que resolver pendências e problemas o mais breve possível, da melhor maneira possível.

 

Quando estamos vivendo um momento prazeroso, agradável e feliz, desejamos que o dia não acabe e as sensações deliciosas que tomam conta da nossa e mente nunca mais nos deixem, mas o tempo parece passar em um piscar de olhos.

 

Ter a oportunidade de viver cada momento como ele se apresenta, agradável ou desagradável, bom ou ruim, alegre ou triste com a intenção de experimentar cada sensação, pensamento e sentimento, envolvido nessa experiência, é uma habilidade que todos podemos desenvolver e chamamos este estado de presença de mindfulness.

 

Imagine agora se todas as experiências passadas que viveu com seus filhos tivessem sido experimentadas de forma atenta, plena e consciente. Talvez não pensaria que seu filho cresceu muito rápido, que o tempo voa e que não está aproveitando a infância com seu filho. Quando vivemos com mindfulness, cultivamos o vínculo e a conexão, além da autocompaixão.

 

Viver de forma mindful como pai e mãe é poder mudar o funcionamento automático e reativo da mente desatenta para o modo consciente e atento, ou seja, educar com mindfulness traz a ampliação da consciência na relação entre pais e filhos, o que permite diferenciar quais são necessidades dos pais e quais são as dos filhos.

 

Mindfulness então é treinar a atenção para o aqui e agora e essa percepção nos permite criar um espaço entre a emoção e a reação e agir com respostas mais claras e calmas, com isso desenvolvemos uma escuta atenta, empatia e compaixão.

 

É possível incluir práticas de mindfulness para a família e tornar momentos diários como oportunidade de aprendizado das crianças para aumentar a consciência corporal, melhorar a gestão emocional, melhorar a interação social e a desenvolver a atenção aos pensamentos como ponto de partida para o desenvolvimento de uma mente feliz.

 

Please reload

Please reload

Our Recent Posts