11 96081-0404

©2018 by Brace Psicoterapia e Mindfulness. Proudly created with Wix.com
Resp. técnica Fabiana Saes dos Santos Romano CRP SP 06/58588-01 | Brace Desenvolvimento Humano CRP SP 06-5606/J

Rua Alexandre Dumas, 1268, cj. 23 - Santo Amaro, São Paulo - SP, 04717-003, Brasil

Seguir

Contato

Endereço

Archive

Please reload

Please reload

Tags

Qual a relação entre a infância da mãe e de seu filho?

October 24, 2016

Para Freud, o fator biológico estabelece as primeiras situações de perigo na criança e cria a necessidade de ser amado que acompanhará a criança durante o resto de sua vida.

 

Quando o bebê se sente ameaçado e recebe a atenção e o carinho da mãe, tem sua satisfação atendida o que promove o desenvolvimento biopsicoafetivo seguro e saudável.

 

Também é importante educar a criança para torná-la capaz de suportar frustrações do momento presente, o que favorecerá maior tolerância às frustrações que ocorrerão no futuro.

 

A relação da mãe com o filho é sempre influenciada por suas próprias experiências na infância, principalmente pela forma como foi cuidada pelos próprios pais, desenvolvendo um modelo padrão, o que define seu desejo ou rejeição pelo filho.

 

Essa padrão de relação parental, ocorre para ambos os pais e definirá como ambos os pais irão vincular-se um ao outro

e também ao bebê, promovendo ou não apoio às suas necessidades físicas e emocionais.

 

Muitos pais percebem apenas problemas de comportamento nos filhos como por exemplo: não obedece, não dorme, faz birra pra comer, é agressivo e relutam em perceber que há uma relação e isso implica em responsabilidade nesta relação.

 

Na psicoterapia, mães e pais podem compreender suas angústias e conflitos refletidos nos filhos e assim promover diminuição de vários sintomas como a culpa garantindo autovalorização de seu papel como mãe e pai além de aumentar a compaixão com o filho.

 

 

Please reload

Please reload

Our Recent Posts