11 96081-0404

©2018 by Brace Psicoterapia e Mindfulness. Proudly created with Wix.com
Resp. técnica Fabiana Saes dos Santos Romano CRP SP 06/58588-01 | Brace Desenvolvimento Humano CRP SP 06-5606/J

Rua Alexandre Dumas, 1268, cj. 23 - Santo Amaro, São Paulo - SP, 04717-003, Brasil

Seguir

Contato

Endereço

Archive

Please reload

Please reload

Tags

Como ajudar seu filho na recuperação de final de ano?

October 25, 2017

A mãe muito angustiada me procura para saber o que fazer para que o filho não fosse reprovado na escola.

 

Primeiro foi necessário entender o que estava por trás de tanta angústia e os argumentos foram muito razoáveis como: “pagamos o ano todo para ele não passar de ano?… vai atrasar a entrada dele no vestibular…. será ruim pra ele frequentar a escola com os amigos em outra série… ele ficará desmotivado para ir pra escola… eu não acho correto ele não se dedicar como deveria já que a única obrigação que ele tem é a escola…”.

 

Realmente não faltaram justificativas, mas todas elas estavam carregadas de emoção.

 

A principal informação que a mãe, sem perceber me forneceu, foi a de que ela nunca foi uma boa aluna e que não gostaria que seu filho sentisse o que sentia o tempo em que era estudante.

 

Bom, neste caso, como em grande parte das famílias, a mãe se coloca do lugar do filho e gera uma grande expectativa no sentimento que o filho terá e acha que ele iria se sentir como ela quando estudante.

 

Então neste momento de final de ano, o que a mãe pode fazer é saber como o filho está vivendo essa situação para que ela possa entender como ele vive e sente a situação e ainda refletir em como essa situação é mais incômoda para ela do que para ele e o que ela pode fazer para que o apoie no que ele precisar e não no que ela acha que ele necessita.

 

A mãe lembrou que ele tinha dificuldade em organizar seu horário de estudo mas acreditava que ele ficaria chateado se ela opinasse em como ele deveria se organizar.

 

Sugeri que refletisse sobre como ela se sente para que ela pudesse distinguir o que é um sentimento dela é o que é do filho e também que conversasse com o filho considerando as seguintes questões:

 

  1. Como você se sente ficando para recuperação?

  2. Como eu posso te ajudar e te apoiar nesse momento?

  3. Gostaria de sugerir uma nova organização no seu horário de estudo pois acredito que vai te ajudar a melhorar seu foco e concentração.

  4. O que você acha de semanalmente falarmos sobre a escola?

Quando essa mãe descobriu que achar e prever o que o filho sente sem saber de verdade por não perguntar, notou que estavam se afastando e criando barreiras e empecilhos no relacionamento.

 

A mãe ficou surpresa em como a relação e os conflitos entre eles diminuíram e agora ela está apoiando o filho nessa jornada sem a angústia que a perseguia.

 

Mas durante a recuperação ou véspera de provas, é importante garantir um ambiente tranquilo para seu filho, pois neste momento nada pode ser feito por você, além de garantir o apoio e lidar com sua própria frustração ou ansiedade.

 

Usar a paciência e confiança lhe ajudarão a manter uma mente com preocupações desnecessárias e viver o momento presente.

 

 

Please reload

Please reload

Our Recent Posts