11 96081-0404

©2018 by Brace Psicoterapia e Mindfulness. Proudly created with Wix.com
Resp. técnica Fabiana Saes dos Santos Romano CRP SP 06/58588-01 | Brace Desenvolvimento Humano CRP SP 06-5606/J

Rua Alexandre Dumas, 1268, cj. 23 - Santo Amaro, São Paulo - SP, 04717-003, Brasil

Seguir

Contato

Endereço

Archive

Please reload

Please reload

Tags

Privação de sono na infância é considerada fator de risco para inúmeras doenças.

January 24, 2017

 

VOCÊ SABIA? – Artigo recente revela que a duração do tempo de sono das crianças e adolescentes, sofreu uma redução progressiva nos últimos 100 anos. Estudaram cerca de 700.000 sujeitos com idades compreendidas entre os 5 e os 18 anos, de 20 países, e concluíram que existe um decréscimo de cerca de 77 minutos de tempo de sono ao longo deste período, ou seja, as crianças de hoje apresentam maior privação de sono do que os seus pais e avós. FONTE:http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3612266/

 

As consequências da privação do sono no desenvolvimento cognitivo, psíquico e emocional na criança pode ser devastadora e está mais frequentemente relacionada com sintomatologia de impulsividade e agressividade, além de sintomas de ansiedade, depressão, baixo rendimento escolar e obesidade.

 

As consequências negativas das perturbações do sono não se limitam apenas às crianças, os pais de crianças com perturbações de sono tendem a um aumento da irritabilidade e sonolência diurna gerando um ciclo vicioso que afeta negativamente a estrutura familiar, interferindo na vinculação e interação afetiva entre pais e filhos.

 

Práticas parentais inadequadas têm sido apontadas como uma das principais interferências na privação do sono na infância.

 

Para que as crianças desenvolvam hábitos que favoreçam um sono adequado e satisfatório, os pais devem conhecer e valorizar a importância do sono e as consequências de sua privação na qualidade de vida desde a infância.

 

Uma das principais queixas trazidas por pais preocupados e exaustos é referente ao sono dos filhos e na literatura internacional encontramos cerca de 30% de problemas de sono das crianças reportadas pelos pais.

 

A hora de dormir pode ser extremamente estressante para os pais e apenas notar esse estresse e os pensamentos automáticos negativos surgindo é o primeiro passo para cuidarmos da hora de dormir com cuidado e amor que os pais querem. Acolher o sofrimento ajuda a lidar melhor com a situação e não reagir de forma negativa com a criança.

 

A maior parte das famílias sofrem com a hora de dormir e de todas as estratégias, a ideal é a que ajudamos a criança a aprender a lidar com a frustração de não conseguir dormir com paciência e carinho. Buscar a calma, ajuda pais a aclamar a criança. Experimente aclamar a criança, sentindo sua respiração e a dela (enquanto ela chora) e aos poucos vocês vão encontrando mais tranquilidade e calma para lidar com o momento estressante.

 

Cerca de 70% das crianças dorme a noite toda a partir dos 8 e 9 meses de idade, portanto, confie que você terá noites inteiras para dormir também. A falta de confiança pode despertar o pensamento nos pais de que há algo de errado ou com a criança ou com a conduta dos próprios pais, desencadeando um esforço muito grande e a perda de paciência. 

 

Antes de perder a calma veja se você tem uma rotina para a hora de ir dormir, caso não tenha passe e estabelecer de acordo com a dinâmica de sua família e principalmente de acordo com as características de seus filhos, mas é muito importante definir um horário para a hora de dormir e manter um ambiente tranquilo, como pouca estimulação pelo menos 30 minutos antes de dormir.

 

Saiba quantas horas de sono em média cada faixa etária necessita para ter um sono adequado segundo a National Sleep Foundation dos Estados Unidos.

 

Veja a tabela abaixo:

 

 

 

 

 

Please reload

Please reload

Our Recent Posts